Giovanna fica indignada e ataca Fersoza, ex de Bruno: ‘Horrorosa!’

A apresentadora e atriz Giovanna Ewbank, conhecida por vários de seus trabalhos televisivos, iniciou uma grande polêmica após atacar algumas das ex-namoradas de seu marido Bruno Gagliasso.

O casal adotou uma filha recentemente, a pequena Titi, que vira e mexe acaba sendo alvo constante de preconceito por ser negra, adotada e nascida na África.

A atriz sempre se mostrou ser uma mulher ciumenta e, voltou a ser notícia nesta sexta-feira (5), quando atacou as ex-namoradas do seu atual companheiro.

O casal vive expressando o amor presente na relação por meio das redes sociais e, em um vídeo gravado para um canal no YouTube, que contava com a presença de Jane Cristina, empregada do casal, eles fizeram algumas declarações sobre a vida pessoal do ator, o que deixou muita gente impressionada pelos seus feitos.

Giovanna ataca ex-companheira de Bruno e sobra até para Thais Fersoza

Em uma das perguntas feitas para a atriz, foi questionado quais das ex-namoradas de seu marido era a mais bonita. “Todas são horrorosas. Todas feias demais”, revelou ela. Isso fez com que seus fãs ficassem surpresos com suas palavras.

Bruno também foi questionado a respeito de tudo o que aconteceu, porém decidiu ficar em silêncio e não responder qual delas ele achava a mais bonita.

Entre as ex-namoradas do ator também estava a atriz Thais Fersoza, que atualmente está casada com o cantor Michel Teló.

Redes sociais interagem com a brincadeira de Giovanna e Bruno

Muitas pessoas que assistiram o vídeo passaram a dizer que a atriz estava com recalque. “Olha, não faltam mulheres lindas com quem ele já se relacionou. Se eu fosse sua mulher, aceitaria isso logo, pois seria mais fácil”, soltou um dos seguidores do casal.

Giovanna falou que, talvez, a namorada mais linda do ator tenha sido a modelo Helena Bordon.

Bruno Gagliasso ataca Temer e pede renúncia do presidente

A empregada perguntou ao casal quem eles desejariam ser naquele momento. Bruno foi rápido em sua resposta e garantiu que, caso pudesse ser alguém, ele certamente seria o presidente da República do Brasil. Michel Temer. De acordo com ele, isso aconteceria somente para solicitar que Michel Temer renunciasse ao cargo. Bruno não esconde sua antipatia por Temer e diz não aprovar o governo dele.